Carregando
Lembrar? | Esqueci a senhaCadastrar
análise • 3ds 
Return to Popolocrois: A Story of Seasons Fairytale
Escrita por José Viana
Return to Popolocrois: A Story of Seasons Fairytale é um RPG japonês disponível para o Nintendo 3DS. Desenvolvido pela Epics, a equipe responsável por todos os jogos da série “Popolocrois”, e publicado pela XSEED, a mesma empresa por trás dos lançamentos ocidentais dos jogos Story of Seasons, Rune Factory 4 e Lord of Magna, este é o primeiro jogo da série a aparecer no Ocidente em quase dez anos.



Para quem nunca ouviu falar antes, “Popolocrois” começou com um jogo para PlayStation 1, mas foi com seu anime de mesmo nome que acabou ganhando reconhecimento no Ocidente. Esse mesmo anime foi exibido aqui no Brasil, tanto no canal Cartoon Network como na Rede Globo, apesar de não ficar muito tempo no ar. Vários jogos e um hiato de quase dez anos depois, Return to Popolocrois: A Story of Seasons Fairytale marca o retorno da série no mercado de jogos.

Return to Popolocrois: A Story of Seasons Fairytale conta mais uma aventura do Príncipe Pietro e seus amigos, que durante o seu aniversário de 13 anos, se depara com uma nova ameaça ao reino de “Popolocrois”. Diante dessas misteriosas feras negras, Pietro decide embarcar numa jornada a um novo reino para buscar uma solução a essa nova ameaça.



Depois de chegar ao reino de “Galariland”, cabe a Pietro procurar por respostas, fazer novos e reencontrar velhos amigos, além de buscar uma forma de voltar ao seu reino e salvar a todos. O jogo segue o padrão de RPG japonês, com desafios a serem superados e cavernas a serem exploradas, enquanto segue para derrotar o mal que assola o reino.

O jogo segue um padrão de batalhas comum no gênero, com personagens se movimentando pelo mapa a cada batalha, se aproximando dos inimigos e podendo atacá-los assim que entram em seus alcances. Alguns personagens têm habilidades mais ofensivas, enquanto outros possuem habilidades de cura, mas isso acaba não fazendo tanta diferença, já que todos acabam sendo balanceados nas batalhas.



Como está escrito no subtítulo, o jogo tem relações com a série “Story of Seasons”, mais especificamente a possibilidade de administrar a sua própria fazenda e cortejar novas garotas. Claro, como nesse jogo você controla um personagem que já tem a sua namoradinha conhecida, a jovem bruxa Narcia, o protagonista apenas dá presentes para as novas garotas, tudo em bom espírito.

Com essa relação à série “Story of Seasons”, o jogo consegue atingir um equilíbrio entre os dois mundos: quem quiser apenas o RPG, não precisará perder tempo com o aspecto de administração de fazendas; mas aqueles que quiserem aproveitar tudo que o jogo tem a oferecer, pode gastar horas e horas comprando novos animais, plantando novos vegetais e vendendo os seus produtos.



O jogo tem gráficos simples, mas encantadores. A trilha sonora é adequada ao jogo e consegue representar as cenas mais calmas até as mais importantes. O foco não é ter os gráficos mais bonitos ou a trilha sonora mais épica, Return to Popolocrois: A Story of Seasons Fairytale faz questão de evocar o sentimento daqueles RPGs da década de 90 ao começo dos anos 2000, de serem simples e ao mesmo tempo conseguirem atrair jogadores de todos os tipos.

Esse é a maior qualidade e o maior defeito do jogo. Por não ser ambicioso, ele provê uma experiência que quase todo mundo consegue aproveitar, mas também não causa um impacto duradouro no jogador. A jogabilidade não é profunda, os aspectos de fazenda não são complexos e a história mesmo, apesar de abordar pontos interessantes, continua rasa por todo o jogo. Dessa forma, o jogo ganha pontos por representar um estilo que estava esquecido no mercado, mas perde por não aprofundar e aprimorar pontos que poderiam fazer o jogo brilhar.



Por fim, o jogo conta com a dublagem em japonês e inglês, e o idioma do jogo apenas em inglês. Existem três dificuldades, que seriam equivalentes a “fácil”, “médio” e “difícil”, podendo ajustar a frequência das batalhas separadamente, além da possibilidade de ligar ou desligar o traçado no contorno dos personagens. São opções que ajudam a nivelar a experiência do jogador, tornando o jogo mais acessível.

Veredito

Return to Popolocrois: A Story of Seasons Fairytale é um retorno a uma época de RPGs descontraídos e leves, mas não rompe essa barreira e corre o risco de ser esquecido pelos jogadores depois de algum tempo. Mesmo assim, é um jogo fácil de ser recomendado para todos que gostam de uma história leve e adorável.




Jogo analisado com código fornecido pela XSEED Games.
8,0
COMENTáRIOS • site
NewD2Boy
11/03/2016 às 13:55
É um jogo muito interessante que merece uma chance e análise foi muito boa.
Allaninja
08/03/2016 às 17:37
Achei justo a nota, otima analise, muito bom
Vitor-Cratinguy
07/03/2016 às 17:15
Interessante

Apenas usuários cadastrados podem comentar.

Se deseja realizar seu cadastro, clique aqui.

COMENTáRIOS • facebook
análises recentes