Carregando
Lembrar? | Esqueci a senhaCadastrar
análise • switch 
The Elder Scrolls V: Skyrim
Escrita por Felipe Lima (Necrohunter)
TAGS
 
Visão geral
 
Como começar a falar de The Elder Scrolls V: Skyrim, esse jogo ambicioso da Bethesda que já está disponível em praticamente todas as plataformas possíveis? Confesso que não havia jogado nos demais consoles ou PC, mas quando anunciado para o Nintendo Switch pensei que era hora de jogar esse belíssimo RPG e entender seu sucesso. O port dessa versão foi feito pelo estúdio Iron Galaxy e eles fizeram bem, o trabalho aqui ficou excelente. A versão para o Switch conta com todas as DLCs já lançadas, bem como algumas exclusividades - mas nada que altere o núcleo do jogo para aqueles que experienciaram em outro console.
 
TAGS
 
História
 
Por se tratar de um port de jogo que já possui diversas outras versões, você já deve conhecer a história do jogo. Skyrim é uma região que pertence à Tamriel, e você começa em meio à uma batalha entre Stormcloacks, os revoltados e as forças imperiais. Ulfric (líder dos Stormcloacks) é capturado para ser executado, porém quando isso estava para acontecer um dragão aparece atacando a cidade e os prisioneiros conseguem escapar. É daí em diante que se começa a descobrir os motivos pelo qual a guerra ocorre e o que os dragões e o protagonista possuem em comum.
 
TAGS
 
Visual e Performance
 
Como ocorreu com DOOM, era de se esperar que The Elder Scrolls V: Skyrim passasse por aquele tratamento para que seu visual não comprometesse o desempenho e rodasse no Nintendo Switch. Mas não se engane - o jogo no Switch é baseado na versão remasterizada lançada para XOne e PS4, então por mais que as texturas deixem de ser de consoles ultra potentes, sua jogatina não será comprometida e você vai ficar encantado com o visual vasto do mundo grandioso desse jogo.
 
TAGS
 
Controles e amiibo
 
No Switch, o jogo conta com dois pontos de destaque: amiibo e suporte ao controle por movimento dos Joy-Con. No segundo caso, você pode optar por simplesmente atacar seus inimigos movimentando os controles. Enfatizo aqui o uso de arco e flecha, já que o giroscópio faz um excelente trabalho na hora de mirarmos em nosso objetivo.
 
Quanto aos amiibo, temos a mesma função que encontramos em The Legend of Zelda: Breath of the Wild, por exemplo. Basta que você escolha qual amiibo deseja usar em um local aberto e os itens correspondentes aparecerão diante de seu personagem. Claro que como em Zelda, Skyrim só permite um único uso por dia para cada amiibo.
 
TAGS
Veredito
 
Caso você não tenha jogado The Elder Scrolls V: Skyrim ainda e possui o Nintendo Switch, essa é a hora perfeita para explorar o exelente trabalho feito por Bethesda e Iron Galaxy. Skyrim é um RPG aberto e gigantesco de respeito, juntar isso à possibilidade da portabilidade proporcionada pelo console da Nintendo vai te prender por muitas horas caçando monstros por aí, conversando, fazendo missões e muito mais enquanto está viajando, à caminho do trabalho ou mesmo em casa, caso opte pela sua TV.
 
*O jogo foi gentilmente oferecido pela Bethesda para essa análise.
 

9,0
COMENTáRIOS • site
Patolouco
17/11/2017 s 23:34
O jogo foi gentilmente oferecido pela Bethesda para essa análise.

Aqui do Brasil?

Massa cara. Acho isso maneiro demais.
Nebel Spieluhr
17/11/2017 s 20:06
Nunca joguei o jogo, pretendo pegar quando tiver meu Switch.
Necrohunter
17/11/2017 s 18:54
@Mr..M - esqueci de colocar que recebi antes
Patolouco
17/11/2017 s 18:15
Ótima nota. Parece ser uma ótima versão do remaster do jogo.
Mr..M
17/11/2017 s 16:36
Essa análise foi feita com base no game que foi lançado hoje para Switch? Jogou rápido heim...

Apenas usuários cadastrados podem comentar.

Se deseja realizar seu cadastro, clique aqui.

COMENTáRIOS • facebook
análises recentes
switch
switch
switch
switch