Carregando
Lembrar? | Esqueci a senhaCadastrar
Switch 
Sonic Forces rodará a 720p/30fps em modo dock e portátil
Postado por Gabriel Guedes (Coedf)
09/10/2017 às 12:52

Em entrevista ao portal Dualshockers, a equipe de desenvolvimento de Sonic Forces confirmou que o game rodará a 720p / 30fps tanto no modo portátil, como no modo dock. Essa será a principal diferença da versão do Switch frente às das demais plataformas.

Tokunaga-san, um dos membros do time de trabalho, disse que o console da Nintendo não conseguiria suportar o título rodando a 60fps. Entretanto, para fornecer uma melhor experiência, a solução adotada foi programá-lo para que os gráficos sejam executados a 30 quadros por segundo, mas os controles sejam mantidos em 60 quadros por segundo.

Segundo o produtor, Sonic Forces é um jogo de muita velocidade e, por conta disso, a resposta aos comandos é fundamental para a diversão. "Limitar os controles a 30fps transformaria o jogo em algo completamente diferente. Por esse motivo, a equipe adotou essa solução para certificar que a jogabilidade será preservada", finalizou.

Fonte: DualShockers
COMENTáRIOS • site
Dr.K
10/10/2017 às 14:10
Ports ruins serão sempre ports ruins.

Se for um port ruim; ignorem.

Esse jogo provavelmente venderá muito mais no Switch que no PS4 e XB1 juntos...
Patolouco
10/10/2017 às 12:06
24HZ, 50HZ, 60HZ, 120HZ, etc, ou seja, taxas de atualização da imagem, tem a ver sim com taxa de FPS, tanto que os PC Gamers com equipamentos mais modernos precisam ter um monitor com taxa de atualização de no mínimo 120HZ devido a jogarem sempre com taxas de FPS muito altas.

24HZ é muito usada nos filmes devido a taxa de FPS nos filmes ser de 24fps na maioria dos casos.
Bucano
10/10/2017 às 07:15
@Hinz, tudo a ver, mas acabei errando a conjugação verbal no final e talvez ficou confuso de terminar minha conclusão.

A TV analogica funcionava com esse conceito. Jogos e filmes eram exibidos assim. E mesmo assim ninguém via/vê problemas na taxa de quadros de vídeo/imagem na tela sendo em 30Hz entrelaçado.

Então, o vídeo estar em 30Hz/fps não é problema. Isso difere bastante de vídeo digital armazenado, devo dizer. Compressões MPEG (MP4, etc.) como no YouTube e DVD e afins podem precisar de maior taxa devido às "gambiarras" de compactação/enganação para o olho humano (vde JPEG x PNG/TIFF).
Green Moon
10/10/2017 às 02:33
teria sido tão mais simples se ele tivesse utilizado o termo, input lag
algo que já vinha sido duramente criticado nos últimos dias por preview da versão do switch, junto do tempo de load, e que aparentemente foi consertado por essa afirmação que utiliza termos incorretos.
Hinz
10/10/2017 às 01:33
Patolouco, com a produção mais confusa desde Sonic Adventure 2 e Sonic 2006?
Hinz
10/10/2017 às 01:29
Bucano, nada a ver. 60 Hz significa que a frequência é de 60 Hz, sendo assim, irá ler até 60 FPS. 30 FPS de GPU se limitará a 30 frames por segundo. O que ele pode dizer é que o processo da CPU pode conceitualizar 60 FPS em impressão de efeitos.
Patolouco
10/10/2017 às 00:44
Os comandos são em 60fps e os cenários em 30fps. Claro que é possível.

Se fosse impossível eles não teriam feito assim.
Bucano
09/10/2017 às 23:14
@Hinz, na verdade, faz muito sentido.
Estudos (antigos, verdade) mostram que o ser humano é enganado com percepção de movimento (persistência da visão) em 12 imagens por segundo.
O teorema da amostragem (fundamental para telecomunicações) é uma matemática que prova que capturar/gerar amostras no dobro do "normal" (12Hz) seria o suficiente (=24Hz); no caso, suficiente para o olho humano sentir toda a fluidez.

No Brasil e em outros países com rede elétrica em 60Hz, a TV a usava como relógio, e assim tem-se a taxa de quadros em 30Hz (meio quadro intervalado a cada ciclo da rede elétrica).

Essas coisas de 60Hz, 120Hz, etc em vídeo é mais balela de tempo ruim de atualização da iluminação dos LEDs da tela do que do vídeo fluido em si.

Já capturar a reação do jogador - aí sim pode ser mais preciso.
Hinz
09/10/2017 às 22:13
Isso não existe. É incoerente e ilógico.
ernanifdx
09/10/2017 às 20:52
Já ouvi dizer que Sonic Forces vai ter cenários rodando a 30fps (cenários, inimigos, etc), mas a jogabilidade será a 60 (como elementos independentes).
O importante é o jogo ter excelente experiência e ter fps estáveis.
Moon Sarito
09/10/2017 às 20:00
Isso é bem bizarro, Sonic Colors e Sonic Lost Worlds rodam a 60 fps, porem, é um hardware novo e além disso com uma nova engine e um port do PS4/XONE para o Switch, vai ver por isso não conseguiram uma melhor qualidade.

@Mariokun
Ninguém mais mais do Switch do quê a própria Nintendo, afinal, ela que criou o console, além disso exclusivos costumam ser os jogos que mostram o real potencial do console ( isso independente de qual seja ) Sonic Forces por outro lado provavelmente é um port de um console mais poderoso ( PC/PS4/XONE ) para um mais fraco ( Switch ) e para uma empresa quê ainda não entende 100% do novo hardware isso pode ser um baita desafio

Mas é a SEGA, se a gente parar pra comparar, a diferença visual de Sonic Secret Rings ( primeiro exclusivo de Sonic pro Wii ) para Sonic Colors ( quê foi o ultimo e um dos jogos mais belos da plataforma ) é gritante, acho quê com o tempo a SEGA domina o Switch e irá conseguir rodar a 60fps, ou ao menos no dock.
shalnark
09/10/2017 às 18:02
@Domucacto-Kuno. É possível que ele queira dizer que os cálculos internos do jogo relacionados a fisica estejam rodando a 60hz, e os controles seguem essa mesma frequência, mas os gráficos e animações em si são 30 fps. Então embora bem pior que tudo rodando a 60fps, já seria uma vantagem frente ao jogo ser todo 30 fps (em termos de lag entre comandos e resposta do jogo).

Mas é, sem maiores detalhes do que ele quis dizer fica difícil saber a real influência disso na prática.

@Mariokun. A Nintendo sempre tem maior dominio de seus consoles que as thirds. Bom, mesmo nos outros consoles é bem visivel como as produtoras first e second party conseguem extrair mais do hardware que as thirds.
Domucacto-Kuno
09/10/2017 às 17:23
"Tokunaga-san, um dos membros do time de trabalho, disse que o console da Nintendo não conseguiria suportar o título rodando a 60fps. Entretanto, para fornecer uma melhor experiência, a solução adotada foi programá-lo para que os gráficos sejam executados a 30 quadros por segundo, mas os controles sejam mantidos em 60 quadros por segundo"

isso não faz o menor sentido.
Patolouco
09/10/2017 às 16:01
O Mário é um jogo raiz enquanto o Sonic provavelmente é um port. O importante é o jogo rodar cravado e liso.
Mariokun
09/10/2017 às 15:35
Na minha concepção daria para deixar o jogo a 720P e 60fps. O Super Mario Odyssey não vai ser 900P e 60fps? A Sega precisa tomar umas aulas com a Nintendo sobre otimização de jogos.
Patolouco
09/10/2017 às 13:23
Sendo cravado está ótimo.
Rafael Bueno
09/10/2017 às 13:12
Bizarro

Apenas usuários cadastrados podem comentar.

Se deseja realizar seu cadastro, clique aqui.

COMENTáRIOS • facebook
notícias recentes