Carregando
prévia › wiiu 
Project P-100
escrita por Pedro Henrique Lutti Lippe
Por motivos que provavelmente nunca entenderemos, Project P-100 não foi mostrado pela Nintendo durante a sua conferência na E3 2012. Ainda sem um nome definitivo, o título é sem dúvida uma das mais interessantes promessas do Wii U.

Para provar isso, basta mencionar os nomes que estão por trás de seu desenvolvimento. O estúdio é a Platinum Games, de MadWorld e Vanquish. O diretor, Hideki Kamiya, de Bayonetta, Viewtiful Joe e Okami. E o produtor é Atsushi Inaba, de Metal Gear Rising: Revengeance, Phoenix Wright: Ace Attorney e God Hand. Não dá para pedir mais.



Alienígenas invadiram a Terra e, separados, nossos super-heróis não são páreo para seus poderosos robôs. Juntos, porém, a história é outra. E é por isso que em Project P-100 controla não apenas um personagem, mas um grupo inteiro deles de uma só vez, combinando suas capacidades inteligentemente para resolver quebra-cabeças e vencer seus oponentes.

A grande habilidade dos super-heróis terráqueos é a de unir seus corpos para assumir diversas formas. Exemplos são a de uma gigante espada que pode ser utilizada para atingir inimigos, ou a de uma bolha gelatinosa capaz de repelir projéteis. Enquanto vaga pela cidade, o grupo deve resgatar cidadãos e possivelmente encontrar novos heróis entre eles, que então tornam-se seus novos membros. E quanto mais indivíduos a horda tem, maior é o número de transformações que podem ser realizadas.



Ao conhecer a proposta de Project P-100, o traçar de um paralelo com Pikmin é inevitável. Mas enquanto a série da Nintendo foca-se na influência de cada criaturinha florida nas batalhas ou nos quebra-cabeças, no título da Platinum Games o indivíduo não importa. É o grupo que faz tudo, como explicou Atsushi Inaba durante a E3.

E enquanto Pikmin é oficialmente um jogo de estratégia em tempo real, Project P-100 é dirigido por Hideki Kamiya - o que significa que seu foco está na ação. Robôs gigantes e grandes veículos mecanizados não são grandes obstáculos para o grupo de heróis, que com algumas de suas formas são capazes de lançá-los ao ar com facilidade para golpeá-los com combos destruidores.



Em Project P-100, o Wii U GamePad é constantemente utilizado. Para resgatar cidadãos, por exemplo, o jogador deve traçar um círculo na tela sensível ao toque do controle com o propósito de "cercá-los". Enquanto isso, para alcançar maiores altitudes, ele poderá traçar uma linha reta no tablet - comando que empilha os heróis de seu grupo.

Mas o controle torna-se o destaque apenas quando o jogador entra em um túnel ou prédio. A partir deste ponto, como seria em The Legend of Zelda: Four Swords Adventures, a ação passa a ocorrer na tela em sua mão, com a câmera focada no líder do grupo de heróis.

Project P-100 terá um modo multiplayer cooperativo, no qual até quatro diferentes grupos de heróis codificados por diferentes colorações devem combater a invasão alienígena em sincronia. Maiores detalhes desta opção, porém, ainda não foram divulgados.



O produtor Atsushi Inaba não faz promessas em relação à estreia de Project P-100, mas a Nintendo planeja tê-lo pronto ainda durante a "janela de lançamento" do Wii U - o que significa que ele poderá chegar às lojas até o início de 2013.

expectativa:



comentários
Nenhum comentário encontrado.

Apenas usuários cadastrados podem comentar.

Se deseja realizar seu cadastro, clique aqui.

Login de usuário


Lembrar?

wii u brasil no youtube

prévias recentes
Mario Maker
wiiu    7
Splatoon
wiiu    11
Hyrule Warriors
wiiu    7
Mario Kart 8
wiiu    5
Sonic Lost World
wiiu    13
Wii Party U
wiiu    8