Carregando
Lembrar? | Esqueci a senhaCadastrar
prévia • 3ds 
The Legend of Zelda: Tri Force Heroes
Escrita por Gustavo Vitor Barbosa Bomfim

Esse não era o Zelda que esperávamos. Depois de uma misteriosa ausência do novo The Legend of Zelda de Wii U, ainda que antecipada, era esperado que se um novo jogo do herói de túnica verde desse as caras na E3, fosse para 3DS. E foi. E que reutilizasse os assets de A Link Between Worlds. E assim o fez. Mas ninguém esperava que fosse multi-player.

Entretanto, passar o olho e descartar TriForce Heroes é um erro. Afinal, essa é a primeira vez que a Nintendo acerta em vários pontos da experiência para mais de um jogador na franquia, experimento que vem tentando há bastante tempo.

De início, o jogo suporta todo tipo de conexão - local, download play e online; e necessitando de apenas três jogadores em contraste com os quatro de Four Swords, será mais fácil de experimentar o jogo ao máximo. Mais opções não faltam: se por acaso uma jornada com amigos não for do seu agrado, é sim possível jogar sozinho - no mesmo estilo que a versão atualizada de Four Swords, lançada para o DSiWARE no aniversário da franquia.

Entre as novas mecânicas desta iteração da franquia está a criação de totens humanos, em que um Link pode carregar outro, formando totens de dois ou três personagens, permitindo alcançar locais elevados e atingir inimigos ou objetos maiores. Outra é a presença de roupas especiais para o jogador. No início de cada estágio, é possível escolher uma vestimenta com diferentes propriedades, como a Spin Attack Atire, que permite que Link use o famoso ataque giratório; e a Lucky Loungewear, que supostamente salvaguardeia Link de um ataque, assim não perdendo corações.

Os corações, aliás, são únicos para todo o time. Quer carregar um amigo e jogá-lo de um precipício? À vontade, mas com a vida coletiva, você também perderá corações. Essa decisão pesa mais para o lado cooperativo do jogo, mas ainda não sabemos se haverá algum tipo de competição, como a baseada em Rupees, dos Four Swords, nem a função destes neste jogo.

Four Swords e Four Swords Adventures podem ter sido os Zelda mais diferentes (se fingirmos que Zelda II não existe...), mas eram competentes em suas inovadoras propostas. As duras restrições da Nintendo e as próprias limitações de hardware da época não permitiram que muitos jogadores experimentassem esse tipo de multiplayer em The Legend of Zelda. Four Swords: Anniversary Edition, com suas limitações, foi um passo na direção certa, e TriForce Heroes parece ser finalmente a porta de entrada ideal para muitos conhecerem cooperação (e competição) dentro de uma franquia predominantemente individual. E com o lançamento previsto para esse ano, não deve demorar muito mais para que tenhamos novidades do jogo.

COMENTáRIOS • site
ernanifdx
06/07/2015 s 04:22
É impressão minha ou pessoal não está nem um pouco empolgado com este jogo?
Ledig
05/07/2015 s 00:32
Queria que desse pra jogar com 2 players, eu zerei o Four Swords inteirinho junto com um amigo que também tinha 3DS, não tive muitas vezes que juntei 3 ou 4.

Mas também, com online neste Zelda, facilita bastante as coisas.
GuiTrentini
04/07/2015 s 19:08
Os dois four swords são Zeldas que eu nunca me animei muito de jogar, isso pelo simples fato de nao ter outro amigo pra jogar junto. Até comecei a jogar o FS versao DSiWARE no single player mas nao fui muito longe.

Tomara que agora a Nintendo faça com esse game uma experiencia online boa, e que de pra jogar com pessoas desconhecidas tranquilamente (sem lag)

Apenas usuários cadastrados podem comentar.

Se deseja realizar seu cadastro, clique aqui.

COMENTáRIOS • facebook
prévias recentes
switch
switch
wiiu