Carregando
Lembrar? | Esqueci a senhaCadastrar
prévia • 3ds 
Metroid Prime: Federation Force
Escrita por Adriano Benedito Pasquini


Em meio a tantos pedidos por jogos figurarem em plataformas da Nintendo, um apoio massivo relacionado à exigência de cancelamento de um jogo chega a surpreender. Assim como fora supresa o anúncio de Metroid Prime: Federation Force para o Nintendo 3DS, algo que pegou miseravelmente de surpresa muitos que olharam com desdém para o BlastBall apresentado no Nintendo World Championships. Aquilo era parte de um Metroid. Um Metroid?

Apesar da repulsa enorme, motivada pela frustração ao não ver uma franquia adorada ser tratada da forma como os fãs esperavam, Federation Force, ao mesmo tempo em que carregará transformações abruptas para o cerne da série da senhorita Aran, ambiciona mostrar outra faceta do universo riquíssimo, mas que talvez não esteja sendo tratado como deveria.



Segundo um dos desenvolvedores ligados à Next Level Games, a qual mostrara recente bom serviço em Luigi’s Mansion: Dark Moon, a decisão por colocar quatro jogadores em modo cooperativo, em missões planetas adentro, pretende trazer como mote narrativo uma averiguação mais profunda sobre os Marines, integrantes da Federação Galáctica, inserido no universo Prime desde Echoes. Enfrentar os Space Pirates e todo o tipo de perigo proveniente em planetas desconhecidos deve ser a tônica das dezenas de missões que o jogo promete trazer como conteúdo principal.

Contudo, tal escolha, além de poder aniquilar o fator exploração e solidão, típicas do universo de Metroid (mesmo nos primeiros Prime), traz consigo uma escolha infeliz de design. Olhar para os visuais de Federation Force acarreta num ceticismo notório, pois personagens mal modelados e quadriculados dificilmente trazem um otimismo imersivo, se unindo ao pacote de desconfigurações conceituais do que a Retro Studios nos proporcionara há mais de dez anos. Metroid Prime Hunters, ainda que se apresente como um jogo irregular, trazia conceitos frutíferos de multiplayer (uma evolução do que fora visto em Echoes), além de impressionar graficamente no Nintendo DS, um portátil menos potente que o 3DS.

Antes de iniciar cada jornada, haverá a possibilidade de cada jogador equipar até três itens para seu personagem. Tais itens trazem como proposta a harmonização do trabalho em equipe. Eles definirão um pouco o tipo de Marine que quem estiver no controle será. Poderá ser um especialista em investidas ofensivas (com mísseis, minas de aproximação, etc.) ou, ainda, um companheiro que curará seus aliados ou os protegerá com um escudo temporário.



Quanto às missões em si, existirão a de reconhecimento de área ou, ainda, as mais frenéticas, de destruição como fator preponderante. Em uma delas, o quarteto será incumbido de enjaular monstros típicos de ambientes gélidos para fins de estudo pela organização. Em outra, o objetivo será destruir quatro veículos aéreos enquanto o grupo é alvejado por Space Pirates. Ao menos, a jogabilidade trará suporte ao giroscópio do 3DS, o que poderá dinamizar a mira e os movimentos de câmera de cada jogador.

No entanto, não há muito do que se animar tendo o que fora visto. Se o jogo perambular por missões deste tipo, transitará entre o divertido e o genérico. Os ambientes parecem carregar a característica reducionista trazida pelos personagens. Na missão de destruir os veículos aéreos, o espaço claramente não fora pensado para um combate cheio de possibilidades. Diminuto ao extremo, os integrantes da Federação Galáctica parecem se espremer enquanto recebem as rajadas de tiros.

O bocejante Blast Ball, já adiantado por aqui, será um modo extra em Federation Force. Este modo se baseará na competitividade, em que batalhas 3v3 que consagrará a equipe que fizer mais gols em seus adversários, todos precisando atirar em uma bola para que esta chegue na meta do oponente. Claro, no universo Metroid. Metroid...



Previsto para 2016, Metroid Prime: Federation Force traz em si a repulsas, expectativas frustradas e incertezas. O que a Nintendo pretende com Metroid, afinal? Tivemos o experimento discutível que fora Other M para Wii, contudo está longe da repercussão negativa desta nova aposta.

COMENTáRIOS • site
Blastoise
31/07/2015 às 07:36
Bom, como já vi em um comentário, falaram tão mal de Wind Waker e depois ficaram babando em cima dele. Vi o mesmo acontecer com Splatoon e tantos Marios que a Nintendo lança constantemente (quem nunca ouviu a famigerada frase "Nintendo é mais do mesmo, só tem Mario"?) e no fim vende horrores. Só estou esperando esse jogo sair pro povão ficar idolatrando.
N.IGMA
26/07/2015 às 12:38
Se eu fosse escolher duas características que definem Metroid, seriam a exploração de mapas caprichados limitada a upgrades e a ambientação futurista e desoladora do espaço. Justamente por isso gosto tanto de Metroid Zero Mission, Metroid Fusion, Super Metroid e Metroid Prime Trilogy. Metroid: Other M é muito bem feito e possui várias ideias interessantes, o que me animou bastante. Mas Federation Force... Ugh... tá complicado, viu
NewD2Boy
13/07/2015 às 15:44
@Shadowfly

Você falou que pretende migrar para uma outra empresa que tratar melhor os seus fãs eu vou falar o seguinte para você não será uma boa escolha,tudo bem que a Nintendo vacilou com esse jogo e não fez uma boa apresentação na E3 isso é fato,mas ela apresentou nesses últimos anos jogos muito bons os que deixaram um pouco a desejar no Wii U e no 3DS são: O novo jogo do Yoshi para o 3DS,Animal Crossing: Amiibo Festival para Wii U,Animal Crossing Happy Home Designer para o 3DS e esse novo metroid mas de resto tanto o Wii U como o 3DS tem jogos melhores que os seus concorrentes isso inclui jogos first partie e jogos third partie.A Sony não vem tratando bem os seus fãs,atualmente ela vem dando mais atenção para o PS4 do que para os outros dois consoles,ela fala mais de jogos para o PS4 do que de jogos para PS3 e PS Vita ela preferiu deixar de lado os outros dois para se preocupar com o PS4 e isso é errado ela sempre deu atenção para os seus consoles independente da geração mas atualmente ela não vem fazendo isso pelo menos a Nintendo dá atenção para o Wii U e para o 3DS isso ninguém pode negar,a Microsoft faz a mesma coisa ela ao invés de dar atenção para os seus dois consoles ela só dá para um infelizmente isso também é prejudicial tanto PS3,PS Vita e Xbox 360 eles também vale a pena serem investidos só que infelizmente isso não está acontecendo então eu falo novamente pensei duas vezes.
NewD2Boy
13/07/2015 às 15:33
Esse jogo é uma afronta não deveria existir,ai vem o produtor da franquia Metroid Prime fala baboseira sobre o desenvolvimento de um titulo da franquia para o Wii U. Na real todo mundo queria um novo Metroid independente da plataforma,mas todo mundo queria um jogo de qualidade, Metroid: Other M não é um jogo ruim tem muita coisa boa nele só que o que deixou a desejar foi o que fizeram com a personagem Samus Aran,mas de resto o jogo era bom,mas vai de cada um.Esse jogo não irá vender bem pleo que fizeram com a franquia a questão de explorar os soldados da Federação são bem vindas,só que tinha que ter sido feito da maneira certa que nem os demais jogos da franquia que foram lançados nós últimos anos. Eu não irei comprar esse jogo para o meu 2DS isso é garantido.
davi2011
12/07/2015 às 20:11
Nao da pra entender esses graficos de n64, nintendo mijo fora do pinico dessa vez.

Pensando bem, até que o n64 tem uns jogos bons!

Mahon
12/07/2015 às 19:27
Eu achava o multiplayer de Hunters muito bom: Vários personagens para escolher com habilidades únicas, muitos modos de jogo e muitas arenas. Nem parecia um jogo portátil, ainda mais no primeiro DS. Este infelizmente não parece mirar em melhorar o que Hunters já fazia muito bem e o que não (tipo o Singleplayer, que era bem chatinho) :/
kylebr
12/07/2015 às 18:21
Nisso eu concordo com o troll. O remake de Metroid II já pra ter saído há muito tempo, no DS mesmo. O 3DS já está mais pra lá do que pra cá e aí anunciam isso. Paciência.
Haranis
12/07/2015 às 16:28
É um jogo ruim, extremamente fraco, mas pode até ser legal (mediano) pela jogabilidade e cooperação, mas só o futuro dirá e uma demo é essencial para conquistar o público. A Nintendo poderia ao menos remasterizar o Metroid: Return of Samus para o 3DS para compensar o erro, remasterizou dois Zeldas que não eram tão necessários.
Rojão
12/07/2015 às 15:51
Porqueira!
Ro.G.er_Silver
12/07/2015 às 15:34
Espero que o multiplayer seja tão bom quanto foi Metroid Prime Hunters, o melhor Metroid na minha opinião!
Mudar pra um visual cartoon já funcionou antes, porque não?
Zelgaf
12/07/2015 às 15:23
A arte horrenda e a qualidade baixíssima dos gráficos fazem os olhos de qualquer fã sangrar... Sem brincadeira o Hunters é agradável de se ver considerando que o Hardware do NDS é inferior ao do N64 agora FF num hardware quase ou 3x mais potente que o 64 me fazem isso.

Se tivesse gráficos nos moldes do Prime 1 mesmo que um pouco inferiores tava ÓTIMO, tudo nesse game soa como se a própria Nintendo não estivesse levando a ideia a sério, não está investindo para fazê-lo um game realmente bom.
Chico_BR
12/07/2015 às 13:45
Eu não gostei, então não vou comprar. Se vender muito, a Nintendo vai achar que é isso que os fãs querem.
12/07/2015 às 12:57
Brainstorming no lixão. Sempre inventando moda.
denis_timao
12/07/2015 às 12:06
Passo, se sair uma demo eu testo, do contrário só se alguém me doar dinheiro! Eu é que não vou gastar 150,00 pra ver se é bom ou não!
McWolf
12/07/2015 às 11:58
""Faz algo decente!" o jogo saiu pra dizer se é decente ou não?"

Já chegou a galerinha do Damage Control oficial da Nintendo.
iCode
12/07/2015 às 11:41
"o quarteto será incumbido de enjaular monstros típicos de ambientes gélidos para fins de estudo pela organização"

Valeu mas já existe Monster hunter...........................
Benelli
12/07/2015 às 11:09
Quando joguei other M, pensei na hora que o proximo metroid teria modo online, mas não imagine nem por um instante q seria assim... Imaginei um metroid em 3rd pessoa com modo campanha focado na Samus (voltando a ser uma personagem fo... q todos temos em mente) e um mult online com os membros da federação e no estilo de arte de Other M msm, que foi um ótimo jogo na minha opinião, só não ficou perfeito pq era metroid, e como metroid, não poderia ser tão linear e não poderiam ter feito o q fizeram com a Samus.
default
12/07/2015 às 10:05
Fico no aguardo de uma demo, não acho que existem loucos que vão pagar pra "testar" esse bagulho, como o Reggie disse pra fazer.
shadowfly
12/07/2015 às 09:53
É só não comprar o jogo e pronto. Não adianta ficar revoltadinho por aqui e depois correr para comprar essa merda.

Não comprem e pronto. Quando ela ver as vendas baixas dessa coisa, ela vai repensar(ou não, vai saber). Ultimamente a nintendo tem exigido uma paciência enorme por parte dos seus consumidores. Pra mim, se ela não mudar radicalmente algumas coisas, pensamentos, o WiiU/3DS será o ultimo console da empresa, irei para outra empresa que trata melhor seus consumidores
Green Moon
12/07/2015 às 07:54
"Faz algo decente!" o jogo saiu pra dizer se é decente ou não?
kylebr
12/07/2015 às 04:32
O problema é que o jogo não lembra em nada Metroid, ao contrário de Hunters (que também não gostei, mas não era algo totalmente genérico com esse federation force). Parece que a ideia foi usar o nome do jogo como isca pra atrair vendas. E pelo jeito o tiro saiu pela culatra.
Ravio
12/07/2015 às 03:43
Nintendo: "Ah, vocês pediram tanto um Metroid novo e quando damos vocês não querem? Não vamos fazer mais então!"

NÃO ERA BEM ASSIM TAMBÉM, NÉ, NINTENDO?! Faz algo decente!
Ravio
12/07/2015 às 03:42
Meu medo é da Nintendo tomar tanto no toba por causa dessa porcaria à ponto deles desistirem pra sempre da franquia Metroid...

Apenas usuários cadastrados podem comentar.

Se deseja realizar seu cadastro, clique aqui.

COMENTáRIOS • facebook
prévias recentes
switch
switch
wiiu